BLOG DO MAFRA


23/11/2013


 

 

Escrito por MAFRA às 11h52
[ ] [ ]

 

DECISÃO NO DOMINGO: FOZ FUTEBOL SUB-18

 ESTÁ HÁ UMA VITÓRIA DA SEMIFINAL

 


Definição da vaga será no Domingo (24), às 10 horas, no ABC

 

O “Azulão da Fronteira” segue firme rumo ao título do Campeonato Paranaense de Futebol Sub-18. Depois de fazer uma excelente segunda fase, a equipe da fronteira viajou desfalcada para o norte do estado onde enfrentou o Junior Team, pelos jogos de ida da terceira fase do Paranaense Sub-18. Sem três titulares, dentre eles o atacante Lucas Garcia, o “Azulão da Fronteira” acabou sendo derrotado pelo placar de 3 a 0.

Apesar da derrota, como o regulamento da terceira fase da competição premia a equipe com melhor campanha na fase anterior e não o saldo de gols, uma vitória simples na partida de volta, coloca os meninos do Foz do Iguaçu Futebol Clube/ABC na semifinal da competição. Atlético Paranaense, Coritiba e Paraná Clube já estão classificados para próxima fase.

A grande partida que definirá a vaga para semifinal está programada para o próximo Domingo (24), às 10 horas, no Estádio do ABC.

“Se ganharmos por um a zero ou seis a cinco, por exemplo, já estaremos classificados. Fizemos melhor campanha que o adversário e por isto, continuaremos na briga pelo título se igualarmos os pontos”, explica Ivan Carlos Mororo Alves, técnico do Foz do Iguaçu Futebol Clube/ABC.

As diretorias do Foz do Iguaçu Futebol Clube e do parceiro ABC, conclamam a torcida para que estejam presentes no Estádio do ABC na decisiva partida de Domingo (24), a entrada será gratuita e os portões estarão abertos a partir das 9 horas da manhã. “ Os nossos meninos estão cientes da necessidade de uma vitória e precisam da força da torcida do “Azulão da Fronteira” para alcançar o objetivo”, finalizou Arif Osman, presidente do Foz do Iguaçu Futebol Clube.

 

O Foz do Iguaçu Futebol Clube conta com o apoio do Coritiba Football Clube, Secretaria Municipal de Esportes, ABC Futebol Clube, GR 2 Talentos, Taas Assistência Médica, Rede de Hotéis Bourbon, Itamed, Itaipu Binacional, Rafain Palace Hotel, Kamalito, Disk Águazul,  X-BRI Pneus, Linglong Pneus, Sunset e Impar, Roadstar, Cataratas S/A , Global Físio ,  Frank Academia ,  Ono Music Hall , Princesa dos Campos,  Cardiologia Clínica/ Exames diagnósticos em Cardiologia Dr. Luiz Javier Miranda Mc Nally (CRM 6843) , Hotel Iguaçu , Hotel Vialle Cataratas e Slavieiro Suítes Hotel.

 

 

PEDRO MUFFATO É HOMENAGEADO COM CAPACETE DE OURO ESPECIAL


O Capacete de Ouro teve na noite da última quarta-feira (20) no WTC Teatro, em São Paulo (SP), a festa de premiação aos campeões de 2013. Sob promoção e organização da Editora Motorpress e da Revista Racing, o evento, reconhecido como uma das principais premiações do automobilismo brasileiro, em que pilotos de todas as categorias são avaliados e votados, ao fim de cada temporada, por uma comissão de jornalistas especializados.

Na edição de 2013, o evento preparou distinções especiais. Uma delas foi reservada a Pedro Muffato. O piloto paranaense havia sido homenageado em 2007 com uma placa de prata oferecida pela revista, que em edição recente dedicou quatro páginas a uma matéria sobre sua trajetória nas pistas. Desta vez, Muffato recebeu, sob aplausos dos centenas de convidados, o Capacete de Ouro Especial, pelo conjunto de ações no automobilismo.

Confessando-se orgulhoso pelo momento festivo, Muffato resumiu sua trajetória. “Nessa minha longa existência automobilística, sempre procurei fazer alguma coisa pelo automobilismo além das pistas. Comecei construindo carros, depois formando equipes para geração de imagens na televisão, eu fui além das pistas e procurei fazer o que pude pelo bem do automobilismo”, relembrou o piloto, que iniciou sua trajetória nas competições em 1966.

Pedro Muffato enalteceu as iniciativas pelo resgate da Fórmula 3 sul-americana, categoria em que atuou por mais de 10 anos. “Vejo com alegria a F-3 voltando com força. O piloto que quer seguir carreira, chegar à Fórmula 1, à Fórmula Indy, passa obrigatoriamente pela F-3”, recomendou. Ao agradecer à Revista Racing, “que faz esse maravilhoso evento”, Muffato concluiu: “Nunca vivi do automobilismo, mas sempre vivi para o automobilismo”.


OS CAMPEÕES DO ANOCAPACETE DE OURO
Os campeões de 2013 do Capacete de Ouro, escolhidos por jornalistas especializados em automobilismo por votação em 11 categorias distintas, foram os seguintes:

Top: Tony Kanaan
Internacional Top: Augusto Farfus
Nacional: Ricardo Maurício
Stock Car: Daniel Serra
Mercedes-Benz Grand Challenge: Márcio Campos
Internacional: Felipe Guimarães
Fórmula: Felipe Guimarães
Rali: Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut
Off-road: Cristian Baumgart/Alberto Andreotti
Kart: Pedro Cardoso
Revelação do kart: Felipe Baptista

(com assessoria)

 


PELA PRIMEIRA VEZ UM BRASILEIRO RECEBE TROFÉU FIM FAIR PLAY



Fotógrafo salvou a vida de piloto em acidente no Brasileiro de Motovelocidade

Fotos: Divulgação Moto 1000 GP

Durante a 6ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o Moto 1000 GP, realizada no dia 20 de outubro no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, o fotógrafo, Sérgio Sanderson salvou a vida de um piloto.

Depois de uma queda, a moto de Alexsandro Tiago Pires pegou fogo. O piloto, manifestando dores nas costas pelos efeitos do incidente, permaneceu deitado por alguns instantes, muito próximo às chamas que consumiam o equipamento. Sanderson, fotógrafo contratado pela organização do Moto 1000 GP fez o primeiro atendimento tirando o piloto de risco.

O presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Henrique Alves, levou o caso a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) que irá homenagear o fotógrafo com o Troféu FIM Fair Play,  que será entregue na Assembleia Geral e Cerimônia de Gala da entidade em Monte Carlo, no dia 1º de dezembro. O evento em Mônaco vai acompanhar a realização de um simpósio internacional sobre segurança nas pistas e ações voluntárias no motociclismo esportivo.

“Nós temos que valorizar atitudes como essa. Levei até a FIM tudo o que aconteceu, pois merece reconhecimento. Sanderson é um exemplo. Além de grande profissional demonstrou heroísmo se colocando em risco para salvar a vida do piloto. Ele é merecedor dessa homenagem e acho que todo esse fato ocorrido mostra um pouco da alma do motociclismo no Brasil”, afirma o presidente da CBM, Firmo Alves.

Esta é a nona vez que a Federação Internacional e Motociclismo outorga o Troféu Fair Play. Os demais contemplados com a honraria foram o francês Patrick Igoa, em 1986, os italianos Virginio Ferrari e Roberto Rolfo, em 1992 e 2004, o norueguês Stig IngeBergersen, em 1994, o estoniano Jüri Makarov, em 1996, e o chileno Carlo de Gavardo, em 1997, além do clube polonês Sparta-Aspro, em 1992, e do grupo britânico Riders for Health, em 1993.

Gilson Scudeler, promotor do evento, vê “instinto de sobrevivência” na ação do fotógrafo. “Ele não pensou, apenas correu lá e retirou o piloto do fogo. O reconhecimento da FIM ao ato de heroísmo do Sanderson mostra que o mundo está atento ao Brasil. Antes, o que acontecia no País passava despercebido”, diz. “Mesmo sendo fruto de uma situação de risco, o prêmio do Sanderson mostra que estamos no caminho certo”.

Com mais de 30 anos de experiência fotografando corridas de carros e de motos, Sanderson garante lembranças nítidas de todos os momentos que sucederam o acidente. “Fiz o meu papel, que no meu ponto de vista está 100% correto. Na hora não pensei em normas, no evento, em nada disso. Aquele momento me marcou muito, meu impulso foi tão forte que não usei a racionalidade, usei a alma. Depois que tudo acabou, com o piloto bem, chorei por cerca de meia hora. Não conseguia parar de chorar”, revela.

 

O piloto que sofreu o acidente permaneceu consciente durante todo o tempo. “Eu estava caído e sem sentir a perna. Não queria me mexer, a preocupação era com a coluna, só o que eu pensava era em algum dano à coluna. Tenho certeza que o Sanderson não me viu como piloto naquele momento, mas como um ser humano em perigo. Provavelmente por isso ele tenha vencido a resistência da regra de ninguém tocar no piloto até a chegada de um médico”, conta Alexsandro Tiago Pires. (com assessoria)

 


Escrito por MAFRA às 11h37
[ ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sul, FOZ DO IGUACU, Homem, Esportes, Esporte Motor
MSN - blogdomafra@hotmail.com

Histórico